Segunda-feira, 23 de Abril de 2012

Linha do Douro

Nova aventura nas linhas férreas abandonadas.

 

Depois da travessia da linha do Tua em Setembro de 2011 voltámos ás linhas férreas, desta vez a linha do Douro.

Linha do Douro é uma linha de caminho de ferro que liga Ermesinde a Barca d'Alva, numa extensão de cerca de 200 quilómetros; começou a ser construída em 1875 e foi concluída em 1887, com a inauguração do troço até Barca d'Alva. No mesmo dia, foi inaugurada a linha desde esta estação até à rede espanhola. A ligação internacional foi, no entanto, encerrada em 1985, e o troço entre Pocinho e Barca d'Alva fechou em 1988.

 

 

Em 1984 o Governo Espanhol, decidiu o encerramento do troço até La Fregeneda, que fazia parte da linha internacional até Barca d'Alva.

Este tramo foi quase totalmente abandonado, em contraste com a antiga linha em Espanha, que foi categorizada como monumento, e declarada como Bem de Interesse Cultural, sendo regularmente alvo de inspeções.

  

Parte I - Ruta de los Túneles

Iniciámos esta aventura pelas 8H30 na antiga estação da La Fregeneda (Espanha) pela linha internacional até Barca d'Alva.

Este troço foi construído no final do século XIX, compreende 20 túneis e 13 pontes, constituindo uma formidável obra de engenharia.

 

Este percurso foi efectuado por pessoal experiente, no entanto e devido ao mau estado das pontes não é aconselhado ser percorrido e não deve servir de exemplo ou motivação,impróprio para quem tem vertigens, medo do escuro, ou fobia a morcegos...

 

 

 

1º túnel com cerca de 2 km de extensão 

 

 

 

 

 

Fantásticas vistas sobre o rio Águeda, que separa Portugal e Espanha.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Túnel em curva, totalmente escuro e onde existe uma colónia com milhares de morcegos...

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fronteira Portugal-Espanha

 

 

Ponte internacional 

 

 

 

 

 

 

Chegada a Barca d'Alva pelas 14H e com 19km de percurso 

 

 

 

 

 

 

Parte II - Linha do Douro

 

 

Partimos para a 2ª etapa com cerca de 24 km de extensão pela linha do Douro em direcção a Foz Côa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O mau estado geral do percurso da linha férrea abandonada e o mato cada vez mais extenso e compacto dificultavam a progressão e o ritmo de caminhada.

 

 

 

Chegada a Foz Côa pelas 21H00 e com o total de 46 km em linha férrea.


publicado por aventura100limites às 21:18
link do post | comentar | favorito
 O que é?
free counter

.pesquisar

 

.arquivos

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Julho 2014

. Abril 2014

. Julho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.Membro da Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada

http://www.fpme.org/

visitante

contador visitante

. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

Aventura Limites

Cria o teu cartão de visita

.Setembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30


.subscrever feeds